Realize > Mão na massa

Vale a pena apostar em uma microfranquia? Veja alguns cuidados necessários

mulher trabalhando em microfranquia

Um tipo de negócio que costuma ter um bom rendimento é o da franquia (em inglês, franchise). É um sistema pelo qual uma empresa cede à outra o direito de usar seu nome, o padrão de funcionamento e a identidade visual, em troca de dinheiro. E, dentro desse universo, existem as microfranquias, cujo investimento é de até R$ 80 mil, de acordo com critério da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Existem modelos enxutos de microfranquias que recebem aporte de R$ 5 mil.

Algumas microfranquias permitem que o trabalho seja tocado de casa. Já pensou em poder fazer tudo o que precisa no esquema home office e ainda ficar perto dos filhos? Para muitos, é o mundo ideal. Só em 2015, as microfranquias movimentaram em torno de R$ 8 bilhões. Isso aconteceu, em grande parte, por causa da queda do emprego formal (CLT). As microfranquias se tornaram uma saída para ter o próprio negócio a partir da rescisão trabalhista.

Leia mais:
Como criar e cuidar de uma conta profissional no Instagram
Você sabe calcular o ticket médio do seu negócio?

No entanto, é preciso ter cuidado para não cair em algumas ciladas. Certifique-se, por exemplo, se a franqueadora oferece apoio e treinamento necessários para quem está disposto a investir seu tempo e dinheiro nela. Além disso, há sempre o risco de ter de enfrentar uma crise econômica no caminho e isso pode acabar dificultando muitas operações. Outro ponto é o local onde você pretende inaugurar a microfranquia. Acompanhe as visitas com a franqueadora e converse com as pessoas do bairro. Cheque se existe demanda para o negócio ali.

Os cuidados para se tomar antes de abrir uma microfranquia

Antes de tudo, no entanto, você deve fazer uma autoanálise e se perguntar: tenho perfil para esse tipo de negócio? Um alto índice de troca de donos em microfranquias prova que não é todo mundo que nasceu pra isso. Muitos são atraídos pela ideia de dinheiro fácil, mas se não houver tino para o negócio, dedicação para o aprendizado e muito trabalho envolvido, dificilmente o negócio vai vingar. Muitas franqueadoras não ensinam como empreender: apenas fornecem manuais com direcionamentos e informações a respeito da marca.

Portanto, antes de se aventurar na empreitada, converse com empreendedores e vá a palestras sobre empreendedorismo e, especialmente, sobre microfranquias. Procure também ouvir quem já tentou tocar uma microfranquia e não deu certo. Entenda os motivos e aprenda com os erros dessa pessoa. Ouça também quem tem um negócio desse tipo e está se dando bem. Perceba como é a rotina desse empreendedor se possível, peça para acompanhar um dia de trabalho dele.

Antes de fechar, vá até o escritório da franqueadora, conheça a estrutura de apoio, entenda como é o treinamento e tente encontrar alguém que já tenha passado pelo mesmo processo. Ouça as críticas e os elogios que esse franqueado têm a fazer a respeito da franqueadora e leve tudo em consideração. Não assine nada antes de entender linha a linha do contrato a ser firmado. No mais, força, foco e fé! Acredite em si mesmo e siga em frente, rumo ao sucesso!

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.