Realize > Mão na massa

O equity crowdfunding é um jeito democrático de conseguir investimento

mulheres de avental conversando mexendo em tablet

Existe uma forma diferente de conseguir dinheiro para o seu negócio, ainda mais se ele for inovador e promissor. Já ouviu falar de equity crowdfunding? É uma espécie de “primo” do crowdfunding comum, mas que serve para reunir pessoas interessadas em investir em negócios inovadores e, em troca, ganhar participação acionária, ou seja, tornar-se sócio da empresa. Pessoas físicas podem investir de R$ 100 a R$ 2,4 milhões, dependendo do capital que o empreendedor precisa. Com esse dinheiro, ele tira a empresa do papel e garante o seu funcionamento por algum tempo.

Para começar a pensar em colocar o seu projeto de negócio em um equity crowdfunding, você precisa antes conversar com mentores e pessoas com experiência que sejam de sua confiança para entender se o seu negócio tem potencial para tanto. Depois disso, calcule o quanto o seu negócio vale e o valor que você vai precisar para tirar o seu projeto do papel. A parte final é descrever muito bem o seu negócio na plataforma virtual, apresentando todos os detalhes do seu projeto e o que cada investidor vai ganhar em cada caso, dependendo do valor que ele for investir.

O funcionamento do equity crowdfunding se difere do crowdfunding comum pelo fato de quem investe se tornar sócio do negócio, em vez de ganhar recompensa. Não importa o tipo de negócio que você tem em mente, o importante é que ele seja promissor. Isso significa prometer que vá lucrar mais pra frente. O valor dos investimentos de cada interessado no seu negócio vai depender da fase em que ele se encontra: quanto mais avançado estiver, mais fácil conseguir aportes “gordos”.

Equity crowdfunding engaja futuros sócios

Quem participa do equity crowdfunding quer saber mais sobre o seu negócio. Afinal, se ele está investindo dinheiro na sua ideia, ele vai querer acompanhar o andamento do projeto e ajudar inclusive a defender a causa. Portanto, quanto mais clara for a sua proposta desde o início, mais fácil de engajar outras pessoas e convencê-las a entrar no mesmo barco que você!

Normalmente, o investidor começa a ter participação direta na receita da empresa depois de três anos do aporte. No quinto ano de investimento, ele pode vender suas cotas, se assim desejar, ou transformá-las em participação efetiva na companhia.

Entre as plataformas brasileiras em que é possível criar uma campanha de equity crowdfunding estão a Start Me Up, Broota e Eqseed. Dê uma estudada nelas antes para entender melhor como acontece esse contato com os futuros investidores e sócios. De um modo geral, elas checam o histórico do negócio (para garantir que há condições de receber investimento) e ajudam a deixá-lo o mais atraente possível.

Para quem investe, ferramentas estão sendo construídas e aprimoradas com o objetivo de oferecer números e gráficos a respeito de cada negócio. Afinal, o risco é alto, mas o retorno também pode ser. Já estruturou bem o seu plano de negócios? Então o que você está esperando para começar a brilhar?

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.