Realize > Dicas de especialistas

Ser empreendedor é entender o processo e aprender no caminho

pés de mulher subindo escada

Ser empreendedor exige coragem e disposição para encarar riscos. Mas nem por isso você vai sair dando murro em ponta de faca logo de cara.

Existem algumas táticas para diminuir os riscos e aumentar as chances de acertar o passo quando você estiver realmente pronta. O livro “Identidade de Carreira”, da cubana Herminia Ibarra, que foi traduzido para o português, pode ser um bom caminho para estudar o assunto.

O livro conta histórias de mudanças de rota profissional que podem parecer radicais, como a do psiquiatra que virou monge budista. Mas se você for pensar bem, existem semelhanças aí. Os dois gostam de ambientes silenciosos. No caso do psiquiatra, para ler e ouvir o paciente. No caso do monge, para meditar e ouvir a si próprio. Geralmente é assim que acontece.

O mundo novo, no fundo, tem a ver com o mundo velho, mas com cores diferentes.

Uma dica é investigar um mundo novo antes de abandonar o seu atual. Sabe quando a gente coloca o pé na água para testar a temperatura antes de pular na piscina? É tipo isso. Faça uma simulação sobre os possíveis cenários, uma espécie de visão do seu futuro mesmo e de como é ser empreendedor.

 

Visualize ser um empreendedor

 

Pergunte-se: se eu deixar o emprego fixo de lado para me tornar dona do meu próprio negócio, onde vou estar daqui a um ano? Daqui a três anos? O que será melhor e pior em relação ao que eu tenho hoje? Um processo de mudança pode durar alguns anos, portanto tenha paciência.

Outra tática é conversar com algumas pessoas sobre o que você está pensando em fazer. Pessoas em que você confia, claro. Você terá a oportunidade de ouvir as opiniões delas e, atenção, de ouvir a si própria(o).

Quando a gente fala, a gente também se escuta. E assim vai tomando conhecimento de detalhes que nem tinha reparado. Vai entendendo os elementos que nos agradam nessa história de ser empreendedor e os que não fazem sentido. Parece meio bobo, mas funciona.

 

Para ser empreendedor, converse com outras pessoas

 

Além das pessoas conhecidas, é bom conversar com as pessoas que você admira, que são referências no mundo onde você está entrando. São elas que podem dar uma ideia de como seria a sua vida depois dessa transição. Use as redes sociais para encontrá-las. Pesquise sobre elas no LinkedIn. Marque um café. Esse tipo de papo deve acontecer pessoalmente.

Outra coisa legal de se fazer é estudar sobre ser empreendedor, negócios, gestão e por aí vai. Existem cursos gratuitos na internet , como a Escola Brilhante, que oferece um curso de empreendedorismo que vai ajudar você a começar ou a desenvolver o seu negócio próprio e a despertar todo seu potencial.

Repetindo: dê um passo de cada vez. Se for possível conciliar os dois mundos por algum tempo, melhor ainda. E se sentir que está se movimentando em círculos, ótimo! É assim mesmo que funciona. Uma hora uma porta se abre, o círculo vira uma reta e você vai fundo nessa história de ser empreendedor.

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.