Realize > Dicas de especialistas

Melhores ideias e dicas do 6º Fórum Empreendedoras

Fórum de Empreendedoras. Foto: Caroline Theodoro

No dia 19 de setembro, aconteceu em São Paulo a sexta edição do Fórum Empreendedoras, organizado pela Rede Mulher Empreendedora. O evento trouxe palestras, workshops e capacitações sobre temas como liderança, autoconfiança, gestão financeira e redes sociais.

Neste ano, o tema do Fórum foi “Empreendedorismo e o empoderamento econômico da mulher”. As participantes participaram de mentorias  e puderam anotar dicas práticas para resolver problemas do seu negócio. Além disso, encontraram inspiração na fala de empreendedoras que passaram por dificuldades e superações para traçar suas jornadas.

Veja um pouco do que rolou no Fórum Empreendedoras em 2017.

Ideias do 6º Fórum Empreendedoras

Equidade de gênero até 2030

Adriana Carvalho, Gerente dos Princípios de Empoderamento Econômico da ONU, foi responsável pela palavra de abertura do evento. Ela contou que a igualdade de gênero é um dos objetivos do desenvolvimento sustentável para 2030 e destacou duas produções feitas pela organização: o manual “O Poder de compras: como adquirir de negócios liderados por mulheres” e o documentário “Precisamos falar com os homens”.

A boa gestão financeira

Heloisa Motoki, empresária e fundadora da Quali Contábil, destacou a importância do planejamento financeiro e explicou quais são os quatro princípios básicos para fazer a boa gestão da renda da empresa:

1 – Ter propósito: saiba porque sua empresa existe e onde você quer chegar no futuro.

2 – Traçar estratégias claras e realistas: escolher os clientes com sabedoria, dividir estratégias com os sócios e traçar metas de venda são importantes para manter o equilíbrio financeiro da empresa.

3 – Acompanhar o caixa: sobra de dinheiro no caixa não significa que a empresa teve lucro. É preciso fazer o fluxo de caixa da empresa com frequência.

4 – Acompanhar os resultados: analise o desempenho da empresa no passado, presente e futuro e avalie os índices financeiros para planejar os próximos passos. 

Investimento para mulheres

Os empreendedores Marcelo Nakagawa, Fernanda de Lima e Ana Paula Wey listaram diferentes formas de conseguir investimento. O microcrédito, por exemplo, é a modalidade de financiamento oferecida por bancos para pequenas empresas. No entanto, é preciso tomar cuidado com as altas taxas de juros. Para negócios menores, pode sair caro.

Outra opção é buscar o apoio em investimento-anjo ou em fontes de financiamento, como a FAPESP. Por fim, há os fundos de financiamento, que unem empreendedores a pessoas que têm capital para investir. Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, acaba de criar um novo fundo, a W55.

O pulo do gato empreendedor

Alice Salvo é criadora da metodologia “o pulo do gato empreendedor”. Para ela, o sucesso depende das “soft skills”, que são habilidades como empatia, resiliência e inteligência emocional. Ao seguir seis princípios, a empresária tem mais chances de chegar longe:

1 – Apaixone-se: saiba quem você é e do que você gosta.

2 – Vislumbre: enxergue além e seja criativo.

3 – Faça: tenha atitude e bote a mão na massa.

4 – Persista: seja resiliente e convicto.

5 – Transforme-se: seja humilde e saiba ouvir opiniões dos outros para mudar quando for preciso.

6 – Compartilhe: estamos na era da cocriação. Desenvolva a empatia e o relacionamento com bons parceiros.

Pequenas e médias empresas também podem ser inovadoras

Inovação não acontece apenas em grandes empresas de tecnologia localizadas no Vale do Silício, nos Estados Unidos. Pequenas e médias empresas podem  — e devem — inovar quando necessário.

Camila Krohling, empreendedora e consultora em comunicação e posicionamento de marca, defende que pequenos negócios têm mais facilidade para inovar do que os grandes. Eles têm mais proximidade com os clientes, portanto podem fazer pesquisas boca a boca e descobrir o que desejam. São mais flexíveis, pois para mudar não será preciso demitir centenas de funcionários ou se enquadrar em uma nova legislação. Por fim, os gastos da empresa são menores, o que significa que os custos para inovar também serão reduzidos.

Instagram para negócios

Para utilizar o Instagram como ferramenta de marketing, é preciso ter em mente que seu poder de vendas se concentra em boas fotos. Além de utilizar certas técnicas de fotografia, como criatividade, simplicidade e guiar o olhar para o que está no centro, é preciso direcionar os anúncios para o público certo.

O Instagram mostra quem são os seguidores da conta por idade, gênero, localização e horários que mais acessam o aplicativo. A partir dessas informações, é possível acertar em cheio e fazer publicidades específicas para os clientes adequados.

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.