Realize > Dicas de especialistas

Como ter ideias para um negócio criativo

Rafa Cappai com seu livro na mão

Quem nunca sonhou em fazer o que gosta e ainda ganhar dinheiro com isso? Todo negócio criativo parte dessa ideia: de colocar em prática o que você tem vontade de fazer, atendendo a uma demanda de várias pessoas que veem valor nesse negócio. Transformar o talento em ganha-pão exige dedicação, estudos e paciência, afinal pode levar um tempo até que as coisas aconteçam do jeito que você sonhou.

A empreendedora Rafa Cappai fundou um espaço para ajudar as pessoas a encontrarem o seu caminho e fazerem a diferença por meio de um negócio criativo. A Espaçonave, fundada em 2010, oferece cursos e promove encontros de formação empreendedora, para apoiar a criação de novos projetos e também dar suporte àqueles que já existem. Mais de 1 mil empreendedores já passaram por lá.

Leia mais:
Quanto você precisa para abrir um negócio?
Como uma viagem de trem pode melhorar a sua criatividade

Na palestra intitulada Criativo e Empreendedor, Sim Senhor!, que acabou virando livro mais tarde, Rafa fala sobre um mundo em que é possível unir dinheiro e significado, ou seja, fazer algo que tenha valor para você e para a sociedade. “A gente não encontra o pote de ouro. A gente cria!” é uma das frases mais emblemáticas dessa palestra da Rafa. Isso significa uma inversão do velho ditado, que coloca a todos como protagonistas das mudanças que queremos ver no mundo. Afinal, cabe a nós nos mexermos se não estamos satisfeitos com a nossa atual realidade.

Um negócio criativo começa em você

A primeira coisa a se fazer é reconhecer que temos tudo o que precisamos para dar o primeiro passo, segundo Rafa Cappai. Então, não espere mais por aquele “momento especial” ou “quando tiver uma grana”. Comece com o que você já tem. Por exemplo, a coragem! Coragem de enfrentar o medo, que traz aquele frio na barriga, e seguir em frente para fazer o que você acredita. É agir de acordo com o seu propósito de vida, com a missão que você carrega dentro de si e quer devolver em forma de serviço para ajudar outras pessoas. “Você é um criador. Você usa as mãos, a cabeça e o coração para criar coisas incríveis”, afirma Rafa.

Vamos imaginar que você adore crianças e se sente bem perto delas. Por que não oferecer um sistema caseiro de creche, atendendo poucas crianças no início? Se você conhece as mães solo do bairro, que precisam trabalhar fora, ofereça o seu serviço. Pode começar por meio período. Ou ainda: se souber cozinhar bem, por que não pensar em um esquema de marmitas prontas, que amigos e parentes possam levar para o trabalho ou até mesmo comer em casa, após um dia exaustivo? Pratos caseiros, mas com muito sabor, costumam fazer sucesso! E esses são só exemplos.

Em alguns casos, você pode começar a colocar essas ideias em prática como um plano B, de tal forma que você se sinta seguro e não precise abrir mão do trabalho atual que paga as suas contas. O mais importante é vê-las ganhar vida, colocando energia, tempo e disposição sobre elas. Se você acredita em uma vida não-convencional, original e livre está na hora de dar uma sacudida na rotina! De maneira autêntica e autônoma, como a própria Rafa Cappai gosta de destacar, você é, sim, capaz de ter um negócio criativo e com propósito. Acredite: você, eu e todos nós somos criativos. “Se você não usar a criatividade, acaba esquecendo que ela existe dentro de você”, afirma Rafa Cappai em um de seus vídeos.

Se você tem um jeito diferente de olhar para a vida e para o mundo, não perca isso de vista. Pode estar aí a chave do seu sucesso. As pessoas anseiam por novidades e por algo que faça diferença não só na vida delas, como no mundo. Se você coloca a sua criatividade em ação, você pode entregar isso para elas. Siga em frente e boa sorte!

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0