Realize > Dicas de especialistas

Como fazer um vídeo caseiro sem equipamentos profissionais

Vídeo caseiro

Para gravar um vídeo caseiro de qualidade, não é preciso investir em equipamentos caros ou ter inúmeras habilidades técnicas. Quem está com o orçamento apertado pode utilizar o celular, escolher um local bem iluminado e perder a vergonha de conversar com a câmera.

Há empreendedoras que trabalham como youtubers e ganham dinheiro com o canal. Outras precisam gravar vídeos esporadicamente para divulgar seus negócios nas redes sociais, participar de concursos ou compartilhas suas ideias com potenciais investidores. Para quem não tem intimidade com o tema, produzir um vídeo caseiro parece um bicho de sete cabeças. Mas acredite: é mais simples do que parece.

Camila Smid, dona do canal Cinemetragem há dois anos, conta que começou gravando com o celular e uma câmera bastante simples, do tipo Cybershot. A princípio, usava o estúdio de um amigo. No entanto, como mora em São Paulo, gastava muito para se deslocar até o local. Além disso, precisava conciliar sua agenda com os horários disponíveis. Acabou optando por gravar em casa.

“Hoje gravo em casa, com o que tenho, e vou me aprimorando. A diferença dos primeiros vídeos para os atuais é gritante”, conta. “Você aprende muitos macetes legais, especialmente quando está fazendo o negócio na marra”, completa.

Camila adquiriu uma câmera profissional, da marca Nikon, um microfone de lapela e um iluminador LED. Quem edita os vídeos é sua namorada, a editora Victória Victorino. Mas no começo, a youtuber tinha pouquíssimos equipamentos e utilizava softwares gratuitos para editar, como o MovieMaker.

Dicas para gravar um vídeo caseiro

Para quem vai gravar um vídeo caseiro sem muitos recursos, a primeira dica é escolher um local bem iluminado. Quando abriu o canal, Camila filmava em frente a uma janela, para compensar a falta de equipamento de iluminação. “Se você não fizer isso o vídeo fica escuro e esquisito. Se estiver sem grana, procure um local que seja naturalmente iluminado, como uma sala que tenha bastante luz ou um janelão”, aconselha.

Outra dica é escolher um local arrumadinho para gravar, com bastante espaço. Uma parede branca resolve, mas um ambiente com mais informações, como uma sala ou quarto decorados, ajuda a deixar a produção mais alegre e interessante. Além disso, é importante ter espaço suficiente entre o vídeo, a pessoa e o fundo.

Camila também adquiriu um tripé para deixar a câmera estável, mas conta que é possível gravar sem. Basta deixar o celular ou a câmera em cima de uma prateleira, mesa ou cabeceira de cama onde o equipamento possa ficar parado. “Algumas pessoas pedem ajuda de amigos para segurar a câmera. Mas uma hora os braços cansam e a imagem fica tremida. Vale mais a pena apoiar em qualquer lugar que seja reto e fixo”, explica.

Védeos caseiros

Bonequinho feito por um fã para o canal de Camila

Por fim, quem vai fazer vídeos caseiros para qualquer fim deve estar pronto par falar diante das câmeras. No começo, pode parecer um pouco estranho, já que você estará basicamente falando sozinho. “Mas depois você percebe que vai ter alguém assistindo quando o vídeo estiver pronto. Tente falar como se estivesse em uma roda de amigos”, aconselha. “Tem gente que apresenta de um jeito muito quadrado. Mas quanto mais natural, melhor. O público tem que se identificar com você e com o que você está falando. Fale solto, sem decorar”, conclui.

Preparar um roteiro pode ajudar a empreendedora a criar um raciocínio e a lembrar de tudo o que precisa falar. Mas atenção: o roteiro não deve ser lido durante a gravação. Ele serve apenas como base e lembrete.

Camila é publicitária, trabalha numa agência de publicidade e grava os vídeos para o Cinemetragem no seu tempo livre. O canal tem foco principal em cinemas e séries, mas também traz vlogs e discussões sobre temas apresentados em novelas e animações.

O Cinemetragem ainda está conquistando seu público, mas já rendeu frutos para a youtuber. “Por causa do canal, estou bolando um projeto para abrir minha própria produtora. Minha namorada ajuda na edição e já temos um cliente. Fazemos o canal dele”, conta.

Já pensou em transformar a gravação de vídeos caseiros em um ganha pão? Ou em utilizá-los para divulgar o seu negócio?

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.