Primeiros passos > Organize-se

Vai abrir uma conta em banco? Saiba as vantagens e as poucas desvantagens

Por que você precisa ler este texto?

Ter conta em banco traz muitas vantagens, especialmente para a empreendedora. Conseguir empréstimos e financiamentos e ter um maior controle do fluxo de caixa da sua empresa são algumas delas.

Abrir conta em banco parece quase obrigatório quando se atinge uma certa idade, mas você sabia que cerca de dois bilhões de adultos não a possuem no Brasil? Se você faz parte dessa estatística, vale a pena entender por que guardar dinheiro embaixo do colchão pode não ser o melhor negócio, especialmente se você está sonhando em empreender ou já possui sua própria empresa.

Bancos cobram taxas e tarifas para manutenção da conta, para você realizar transações e outros serviços. Mas ser correntista pode compensar na hora de pedir um empréstimo, financiar um imóvel ou simplesmente cuidar das suas finanças com mais facilidade.

Hoje, instituições bancárias não servem apenas para guardar dinheiro. Elas também oferecem serviços essenciais tanto para a pessoa física, quanto para a pessoa jurídica. Para o empreendedor, abrir conta em banco é fundamental para agilizar as tarefas do dia a dia e impulsionar o crescimento da empresa. Mesmo que seja uma conta de pessoa física, viu?

Vantagens de abrir conta em banco

1 – Maior segurança e controle do dinheiro

Guardar o dinheiro embaixo do colchão, dentro de um pote ou envelopado em uma gaveta traz muitos riscos, como roubo ou simplesmente perda. No banco, a quantia fica segura e, se for guardada em uma poupança ou aplicação, pode render mais.

Além disso, manter o dinheiro no banco ajuda a manter o controle. Para o empreendedor em particular, isso é essencial para que o fluxo de caixa esteja sempre positivo. Sempre que quiser, é possível consultar o saldo da conta corrente e verificar quanto dinheiro ainda tem. Além disso, dá para puxar o extrato, que mostra todos os pagamentos, entradas e movimentações feitas até aquele momento.

É ideal que o empreendedor tenha duas contas: uma jurídica e outra física. Não separar os gastos pessoais do dinheiro usado na empresa pode causar prejuízos financeiros. Chega uma hora em que fica praticamente impossível dizer se o negócio está dando prejuízo ou lucro, ou quanto dinheiro está disponível para pagar fornecedores, aluguel do espaço físico e assim por diante.

Se não for possível abrir uma conta jurídica para a sua empresa, estude a possibilidade de abrir uma conta de pessoa física em um outro banco. Desta forma, você conseguirá pelo menos manter o seu dinheiro e o dinheiro da sua empresa em contas separadas.

2 – Parcelar compras

Para parcelar compras, o cliente deve ter cartão de crédito ou talão de cheques. Do contrário, terá de pagar tudo à vista. Parcelar nem sempre é um bom negócio, pois pode trazer dívidas e descontrole no futuro, mas para alguns casos se torna indispensável.

Por exemplo: você precisa comprar um novo freezer para armazenar mais sorvetes e aumentar os lucros da sua sorveteria. Seu negócio não tem dinheiro em caixa para pagar à vista, mas você fez uma projeção para os próximos meses e viu que as parcelas cabem no seu bolso. Sem estar vinculado a uma instituição bancária, não será possível comprar parcelado.

3 – Empréstimos e financiamentos

Bancos oferecem empréstimos e financiamentos para clientes por taxas menores. Além disso, se você é empreendedor ou trabalhador autônomo e não tem salário fixo, consegue comprovar renda pelo extrato da sua conta corrente sempre que necessário.

4 – Praticidade

Esqueça as filas infinitas na lotérica para pagar a conta de luz. Você pode fazer o pagamento de todas as suas contas pelo banco online ou nos caixas eletrônicos. O mesmo vale para transferências e depósitos: com poucos cliques, no caixa eletrônico do auto-atendimento ou mesmo pela internet, você movimenta dinheiro da sua conta corrente para a sua poupança ou para a conta de terceiros.

5 – Receber pagamentos

Dependendo do serviço que você presta, poderá oferecer para seus clientes a opção de pagamento via transferência bancária. Sem abrir conta em banco, a única opção será pagar em dinheiro vivo, o que poderá te prejudicar já que muita gente simplesmente não carrega mais dinheiro na carteira.

Se você pretende abrir uma loja online, ter conta em banco é fundamental para receber os pagamentos, que podem ser feitos via cartão de crédito, transferência bancária ou boleto.

Desvantagens de abrir conta em banco

Na verdade, são poucas as desvantagens de abrir uma conta em banco. Abrir conta em banco significa pagar tarifas bancárias e, em alguns casos, contrair dívidas por financiamento ou empréstimo e ter dor de cabeça para cancelar alguns serviços. Mas se você estiver ciente disso tudo, são praticamente só vantagens. Por isso, é importante avaliar com cautela todas as condições antes de contratar um novo serviço ou assinar contratos com outros bancos, por exemplo.

Antes de se tornar cliente de um banco, analise cada produto oferecido e veja se precisa mesmo contratar todos aqueles serviços. Saiba o valor de todas as taxas e sempre negocie com o banco no caso de dívidas e juros. Veja dicas para reduzir gastos com tarifas bancárias e siga em frente.

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.