Primeiros passos > Derrube mitos

Por que você deve pivotar

mulher em pé escrevendo em papel

Pivotar é mudar o rumo do seu negócio, mas manter a mesma base para não perder o que já foi conquistado. Isso pode significar um novo fôlego para a empresa que não vai tão bem. A melhor comparação é com o jogador de basquete que é considerado o “cabeça” do time: o pivô mantém uma das pernas fixas e gira em torno do seu eixo para visualizar e explorar diferentes opções de passe. Assim, vai escolher passar a bola para outro jogador do mesmo time que esteja livre e possa seguir livremente para fazer uma cesta, ao invés de tentar a jogada com um atleta que está marcado pelo adversário.

O empreendedor tem o mesmo desafio que o pivô do time de basquete: deve girar em outra direção e testar novas hipóteses quando necessário. A saída para o seu negócio melhorar pode estar próxima, basta conseguir enxergar isso e apostar nessa direção. Mentores e profissionais da sua confiança podem ajudar você a pivotar. Apresente suas questões a eles e ouça com atenção tudo o que eles têm a dizer. Eles podem já ter passado pela mesma situação e terem conselhos ótimos para você reorganizar as suas finanças e mudar a direção do seu negócio.

Segundo artigo publicado no site do Sebrae, existe uma diferença entre pivotar e desistir de um projeto para começar outro. Quando não há mais saída e você decide não mais seguir em frente, tudo o que você leva é a experiência e o aprendizado de ter falhado. O que não deixa de ser muito produtivo para os seus próximos empreendimentos, mas isso não é pivotar.

Ao pivotar, você leva tanto a experiência de um caminho errado, como também reaproveita tudo o que construiu até aquele momento em favor de uma nova estratégia.

Pivotar pode ser a alma do negócio

Grandes negócios conhecidos atualmente foram pivotados. Um deles é o Paypal, hoje conhecido como plataforma voltada para micropagamentos e troca de dinheiro via web. O Paypal começou como uma empresa de troca de dinheiro virtual entre dispositivos handheld (aqueles computadores pequenos, que cabem na palma da mão, muito utilizados por empresas de logística.)

Outro exemplo de um grande negócio que pivotou é o Flickr, aquela plataforma que serve para compartilhar fotos, conhecida mundialmente. Ele começou com a ideia de um RPG (jogo de interpretação de papeis, em tradução livre para o português) virtual, onde os jogadores podiam trocar imagens por meio da plataforma. Os empreendedores se deram conta de que o mercado de RPG estava saturado, cheio de pessoas, então resolveram aproveitar a funcionalidade e criar o Flickr, atualmente a maior plataforma de compartilhamento de fotos de todo o mundo.

Leia mais: Aprenda com os erros

Até mesmo o YouTube, a maior plataforma de compartilhamento de vídeos do planeta, foi pivotada. Fundado em 2005 pelos empreendedores Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim, o YouTube nasceu com o objetivo de ser um serviço de vídeo para namoro online. Como a empresa não crescia, eles decidiram focar apenas no compartilhamento de vídeos. Fácil de mexer, a plataforma explodiu, tornando pessoas anônimas em famosas da noite para o dia. Em 2006, foi comprado pelo Google por US$ 1,65 bilhão.

Portanto, não tenha medo e pratique o desapego da sua ideia inicial. Pivotar pode ser o segredo para o seu sucesso definitivo!

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.