Primeiros passos > Derrube mitos

Você deveria trabalhar em um coworking? Faça o teste e descubra

coworking

Trabalhar em um coworking pode ser uma boa opção para empreendedores e autônomos que não gostam de ficar em casa o dia todo ou não têm dinheiro para montar um escritório. Há espaços gratuitos e pagos espalhados por todo o Brasil.

O espaço de trabalho compartilhado oferece a estrutura básica para que profissionais de diferentes áreas se concentrem e realizem suas tarefas: internet, tomadas, mesas e cadeiras. Também costuma disponibilizar áreas de descanso, onde é possível fazer uma pausa, tomar um café, um gole d’água, e conhecer gente.

Além disso, coworkings podem oferecer salas de reunião e espaços para atividades específicas, como cozinhas profissionais e ateliês de moda. Se você é cabeleireira e deseja se tornar autônoma, mas ainda não tem dinheiro para abrir o seu próprio salão de beleza, há espaços que oferecem toda a estrutura para atender suas clientes, como espelhos, lavatórios e até secadores.

Trabalhar em um coworking tem muitos pontos positivos. Para o empreendedor, o principal é não precisar assinar um contrato de aluguel e arcar com vários gastos. Para usar as instalações, basta pagar por dia ou contratar um dos pacotes semanais ou mensais oferecidos.

As vantagens de trabalhar em um coworking

Sem distrações

Usar um coworking pode ser uma alternativa para quem deseja trabalhar por conta própria, mas não rende trabalhando de casa. A cama convida para um cochilo, a pilha de louça suja incomoda e o Netflix está a apenas um clique… Aí, já viu, né?

Fazer networking

Coworkings são bons locais para conhecer gente nova e aumentar a lista de contatos. Profissionais dispostos podem fechar novos negócios, conseguir clientes e construir relações profissionais.

Investimento inicial zero

Quem aluga um espaço físico precisa mobiliá-lo, contratar luz, internet e o que mais for necessário, como pintar o ambiente ou fazer reparos. O coworking já oferece tudo isso por um preço fechado e fica responsável por toda e qualquer manutenção.

Contrato reduzido

Alugar um espaço físico traz outro problema: assinar um contrato de aluguel longo, que pode variar de 12 a 36 meses. Se você ainda não tem certeza sobre o sucesso do seu empreendimento, ou não pode se comprometer com um contrato estendido agora, opte por coworkings, que são opções mais flexíveis.

Além disso, proprietários podem exigir muitos documentos e comprovação de renda para assinar o contrato. O coworking não exige nada disso. Apesar dos pontos positivos, quem trabalha em coworking não pode personalizar seu próprio espaço e faz uso limitado do ambiente. Esses estabelecimentos costumam funcionar apenas em horário comercial.

Está na dúvida? Faça o teste e descubra se coworking é para você:

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.