Primeiros passos > Derrube mitos

Aprenda com os erros

lata de lixo com papéis amassados

Tem gente que quando erra, fica envergonhado, se isola e fica matutando sozinho sobre como resolver o problema. Tem gente que prefere se abrir e contar para os outros o que aconteceu. Resultado: surge uma troca de experiências por meio de histórias de fracasso e, consequentemente, sobre como lidar com eles para não acontecerem de novo. Todo mundo ganha.

Muita gente acredita nesse método. Tanto que existe um projeto chamado “Conferência do Fracasso”, criado exatamente para que os empreendedores realizem essa troca e percebam que quem erra não é exceção. Pelo contrário. Todo mundo erra. E isso pode ser positivo para quem já sabe ou quer aprender a dar a volta por cima. Um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostra que empreendedores que já fracassaram têm 11% a mais de chance de sucesso.

A FailCon, nome original da conferência, em inglês, foi criada em São Francisco, em 2009, partindo do princípio de que ninguém é um empreendedor de verdade enquanto não lidar com nenhum fracasso. Era uma resposta aos eventos que só davam destaque às iniciativas de sucesso.

 

Ninguém é um empreendedor de verdade enquanto não lidar com nenhum fracasso.

 

Tire o máximo de aprendizados das histórias de fracasso

 

Sabe aquela sensação que dá quando você vê uma palestra cheia de histórias lindas e fica pensando: “só eu não sou capaz de me dar bem?” ou, quando você abre o Facebook, e vê amigos com cara de feliz, na praia ou no campo, e pensa: “a vida deles é melhor do que a minha”?

Pois é, esses sentimentos são irreais, porque o que a gente está vendo é apenas uma parte da vida da pessoa, ou uma parte do que ela passou para seu negócio vingar. Enfim, um recorte da realidade. Todo mundo erra e passa por dificuldades na vida. Quando ficamos sabendo das dificuldades dos outros, não só passamos a dar menos importância às nossas, como ainda colhemos informação sobre como melhorar a situação.

A FailCon nasceu por acreditar nisso e hoje já existe em várias cidades do mundo, inclusive em Porto Alegre. Não se trata de “glamourizar” o erro, como os organizadores gostam de esclarecer. Mas de assimilar as lições, tirando o máximo de aprendizado possível.

Dê uma olhada no vídeo para conhecer melhor as ideias de um dos organizadores brasileiros:

Na entrevista, o empreendedor Flávio Steffens, experiente no mercado digital, tira sarro de coisas como “os dez passos para atingir o sucesso”, ou então “como ficar milionário trabalhando quatro horas por semana”. Ele explica que muitos casos de sucesso são difíceis de reproduzir, porque dependem do acaso ou da sorte. E conta que, ao organizar o evento em Porto Alegre, teve dificuldade de encontrar palestrantes porque as pessoas não queriam falar de fracasso. Portanto, se você viveu uma boa história do tipo e está disposta a compartilhar, pode ser uma boa vivência.

Para entrar em contato, escreva para flavio.steffens@gmail.com. Para saber mais sobre os brasileiros envolvidos, visite este site.

Se você tem facilidade com o idioma inglês, confira os vídeos das conferências FailCon fora do país.

 

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.