Inspire-se > Elas mudaram o mundo

Três lições de grandes feministas

mulheres do filme She's Beautiful when she's angry

Houve mulheres na história que bravamente lutaram pela igualdade de direitos, pela liberdade de se vestirem como desejassem, pelo direito de quererem ou não ter filhos. Grande parte delas dão depoimentos no documentário “She’s Beautiful when She’s Angry” (“Ela Fica Linda quando Ela Está Brava”, em tradução literal), disponível na Netflix. São mulheres que foram às ruas, gritaram e protestaram contra as injustiças de gênero, além de abrirem caminho para que muitas outras possam hoje dar continuidade a essa luta. Selecionamos abaixo três lições de grandes feministas para você se inspirar. Esses “grupos de conscientização”, como eram chamados àquela época, nunca são demais e podem ajudar você e suas amigas a se fortalecerem e ganharem cada vez mais espaço, seja em casa ou no trabalho.

Lições de grandes feministas para você se inspirar

Estudo do corpo feminino

Em 1969, um grupo de mulheres que estavam frustradas com sua ignorância a respeito do próprio corpo decidiu começar a promover encontros e pesquisar sobre o tema. Diversas questões eram levantadas e discutidas entre elas, como por exemplo, o fato de existir pílula anticoncepcional somente para mulheres e não para homens. “Por que o sistema hormonal da mulher tem que ser destruído o tempo todo quando é muito complicado, e necessário para a procriação da espécie, quando, na verdade, faz mais sentido para os homens cujo sistema hormonal não é tão complicado?”, questionou àquela época a feminista Vilunya Diskin.

Anatomia, controle de natalidade, gravidez, pós-parto, nutrição, exercícios, menopausa foram outros temas que fizeram parte dessas rodas de discussão, que renderam tanto a ponto de escreverem um livro chamado “Nossos Corpos, Nossos Seres Um Curso por e para Mulheres”.

Leia mais:
Cinco séries com mulheres fortes para você ver na Netflix
Rafa Cappai ensina: seja um canivete suíço

Curso de autodefesa

As feministas daquela época se deram conta de que precisavam ter um curso de autodefesa para se sentirem seguras e se protegerem quando estivessem andando sozinhas pela cidade, principalmente à noite. O número de mulheres agredidas ou violentadas crescia cada vez mais e ganhava manchetes dos jornais, por isso decidiram se unir para prestar um serviço que seria empoderador para cada uma dessas mulheres. Começaram num pequeno grupo e, quando se deram conta, havia mais de 100 mulheres inscritas, prontas para aprenderem golpes básicos de autodefesa.

Produção de jornais e conferências

Não bastava sair às ruas para defender o movimento feminista: tinha que registrar a luta em jornais, além de produzir conferências a respeito dos temas que se faziam urgentes. Um desses temas era o crescente número de mulheres estupradas. A grande mídia, assim como o cinema, romantizava a violência sexual, dizendo que as mulheres “provocavam o instinto masculino”, como se tais atos pudessem ser justificados. Mas não podem. Por isso, as feministas daquela época resolveram se organizar para mostrar que aquilo não era “um crime de paixão”, mas sim “um crime que expressa a vontade de dominar”. Como elas afirmaram no slogan da primeira conferência sobre estupro daquela época, “o estupro é um crime político contra as mulheres”, isto é, uma forma de exercer poder de um gênero sobre o outro em diversas instâncias.

E aí? Que tal organizar pequenos grupos de conscientização para mulheres de seu bairro? A partir dele, uma infinidade de ideias podem surgir e, além de se tornarem mais fortes juntas, vocês ainda podem pensar em como estruturá-las em negócios.

  • Essa matéria foi útil?
  • 4 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.