Inspire-se > A sua história

Vanessa Evangelista abriu a Cartvan Artesanato para ser mãe

vanessa evangelista

Meu nome é Vanessa Evangelista, tenho 32 anos, e sou moradora da Zona Norte de São Paulo. Quando decidi virar microempreendedora ainda trabalhava registrada em um emprego fixo. Na época, estava namorando e tínhamos planos de casar.

Tive uma conversa com meu namorado e comentei que meu objetivo era trabalhar por conta própria, fazendo meus artesanatos. Assim, no futuro teria mais tempo para me dedicar aos meus filhos.

Sempre trabalhei com coisas relacionadas ao que faço hoje, que é artesanato. Meu primeiro trabalho foi com álbuns fotográficos: fazia montagens de álbuns e outros serviços manuais. Depois trabalhei para uma empresa que mexia com artesanato e, no meu último emprego fixo, passei a fazer caixas sob medida para lojas como “Amor aos Pedaços”.

Tomar a decisão de deixar o emprego fixo e trabalhar por conta própria não foi difícil, pois foi algo que sempre quis fazer. Se fosse para construir uma família, queria trabalhar por conta pois via a situação das minhas irmãs e de outras mulheres. É muito difícil trabalhar em um serviço registrado, passar sufoco no ônibus e ter que cuidar da casa e do esposo no final do dia.

Eu não queria passar essa responsabilidade para outra pessoa. Penso que se você decide ter um filho, a responsabilidade será toda sua. Se você trabalha registrado, precisa contar com alguém durante as férias escolares, por exemplo. Trabalhando por conta você consegue conciliar tudo isso.

Meu marido disse que poderíamos tentar e que ele iria me apoiar — o que faz até hoje. Saí da empresa onde estava insatisfeita e comecei a pegar serviços de uma amiga que tinha um ateliê. Depois que me casei, montei um espaço em casa para os meus serviços.

Quando nos casamos, tínhamos dois quartos e transformei um deles no meu ateliê. Mas como tinha a intenção de engravidar, foi preciso aumentar a casa e isso gerou um custo. Fui comprando os materiais para o serviço aos poucos. Por sorte, como sempre gostei de artesanato, antes mesmo de casar já tinha muita coisa. Mas sempre é necessário ficar repondo material.

Me atualizei, comprei uma maquininha de cartão e muita coisa para melhorar o meu trabalho — tanto que não consegui pagar tudo. Meu marido acaba me apoiando muito e assumindo alguns custos.

Também fiz um curso de gestão para aprender a administrar empresas. Tenho noção do que aprendi, mas não consegui por praticamente nada em prática. Tenho noção de que não levo prejuízo, mas não sei se tenho lucro suficiente para cobrir todos os gastos e agora uma funcionária.

Hoje, tenho muita dificuldade em lidar com tecnologia, divulgação, montar planilhas e administrar meu negócio. Sou uma negação na parte administrativa. Meu marido fala: “não adianta nada saber fazer um produto e não saber administrar a empresa”.

Em fevereiro deste ano Deus me deu uma filha, uma princesa, e estou muito feliz pois era o desejo do meu coração. A funcionário que contratei é minha sobrinha e ela vai me ajudar com os pedidos. Antes mesmo de ter minha filha, já pensava que queria aproveitar seus primeiros meses de vida para cuidar dela. Também quero cuidar um pouco da casa e me focar na parte de divulgação e administração da minha empresa, a Cartvan Artesanato. Hoje, faço caixas artesanais, convites de casamento e lembrancinhas.

Por enquanto, não vou cuidar da parte de produção. Treinei minha funcionário para isso e estou  contando que ela possa assumir esse serviço por enquanto. Quando minha filha estiver com mais ou menos um ano, vou colocá-la em uma creche e voltar para a parte de mão de obra. Sei que não vou conseguir assumir divulgação, produção, cuidar da casa e de um filho ao mesmo tempo. Mas tudo vai se encaixar, se Deus quiser.

*Em depoimento a Camila Luz

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.