Inspire-se > A sua história

Larissa Fialho acredita que os doces podem mudar o mundo

Larissa com camiseta azul sorrindo

“Meu nome é Larissa Fialho, tenho 25 anos e sou de Santa Bárbara do Oeste, interior de São Paulo. Trabalho na Lola Confeitaria fazendo doces. Meu sonho desde criança sempre foi ser CEO de uma empresa. Até que um dia pensei: para quê vou ser CEO de uma empresa se eu posso criar a minha própria empresa? Foi quando comecei a pesquisar mais e fazer vários cursos na área de empreendedorismo para entender como funcionava isso.

Desde sempre falei que não poderia ser a Larissa que faz cupcake. Não poderia em hipótese alguma. Tinha que ter uma marca, algo organizado, ser sério, parecer grande. Eu comecei a vender doces na faculdade para levantar dinheiro e assim poder criar uma identidade visual, organizar as coisas e abrir a empresa assim que estivesse tudo pronto. Só que um pouco antes de terminar a faculdade, apareceu um grande empresário na minha cidade dizendo que queria investir na minha empresa e queria abrir uma loja. Ele me prometeu muita coisa e eu acreditei.

Até tinha feito um acordo no meu trabalho para ser demitida mais para frente, mas quando esse empresário chegou, eu me apressei, achei que era a hora e pedi demissão. Pronto! Só que eu não conhecia a pessoa, não sabia quem ele era e tive sorte de ter amigos que me ajudaram a prestar atenção em coisas que estava deixando passar.

Um amigo querido que trabalha em banco me alertou para o valor do empréstimo que esse empresário queria pedir, usando o nome da minha empresa, e eu decidi questionar. Foi a sorte! E junto com ela veio uma montanha-russa de emoções, porque se eu já estava ansiosa para abrir a empresa, realizar o sonho, imagina fazer isso sem dinheiro e sem ninguém. Eu até poderia voltar para o meu trabalho porque eu tinha abertura com o meu chefe lá, mas como diz o ditado, quem está na chuva é para se molhar. Fui em frente!

A decisão de criar um canal no YouTube veio depois do “Ciclo Brilhante”. Depois de passar todo aquele tempo ouvindo pessoas compartilhando suas histórias, eu decidi que precisava mostrar como empreender é incrível! Aquele contato com as mulheres da escola me mostrou que eu sou parte de uma coisa muito maior.

Quando eu me vi diante de mulheres que passavam pelas mesmas dificuldades que eu, foi transformador, porque me senti acolhida, deixei de ser sozinha, descobri que tinha gente vivendo e sentindo a mesma coisa que eu sentia. Saber que existem outras mulheres com histórias tão incríveis me dá muita vontade de contar para o mundo o quanto empreender é importante e enriquecedor.

Empreender é difícil, eu não vou mentir. É bem difícil, porque não é só o trabalho, é o emocional, é a família, é tudo. Mas vale a pena. Eu tenho muito essa ideia de que os doces podem transformar o mundo, realmente acredito que essa gentileza, essa doçura pode mudar o mundo. Por isso que eu faço o que eu faço. Amo o que eu faço.”

  • Essa matéria foi útil?
  • 0 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.