Inspire-se > A sua história

O jogo de autoconhecimento de Camila Rabuske valoriza a sua história

Camila sorrido sentada em cadeira vermelha

“Meu nome é Camila, sou neta de Rita Emiliana, uma mulher que criou seus oito filhos sozinha e foi uma grande inspiração na minha vida, na minha decisão de ser coach. Sou estudante de Psicologia e criei um jogo de autoconhecimento para ajudar as pessoas a descobrirem o seu verdadeiro eu.

O objetivo do My Path é trazer mais conhecimento para todo mundo, de qualquer idade, que queira empreender. E acredito que o jogo tem conseguido alcançar isso, porque já chegou à Argentina, Japão, está a caminho da Espanha e só tem quatro meses que ele existe nesse formato.

A ideia do jogo surgiu em um momento complicado da minha vida. Não faz muito tempo que eu me senti assim. Tive vontade de sair correndo e desistir de tudo. Acontece que tem momentos na vida que a gente não pode nem desistir, porque se fizer isso não tem para onde correr. A verdade é que a gente anda tão ocupada com a rotina que não consegue parar para responder questões sobre nós mesmas. E com isso a gente não consegue se ouvir.

Foi quando resolvi dar um novo significado para tudo o que estava vivendo ali, naquele momento em que eu não podia nem desistir. Falei para mim mesma que o próximo ano seria o melhor da minha vida, e assim foi quando conheci a Escola Brilhante . Graças a ela, fiz meu primeiro curso de empreendedorismo. Nunca tinha visto nada sobre o assunto. Eu trabalhava com transporte, meio que na raça, e comecei a estudar. Quando percebi, estava empreendendo.

Na Escola Brilhante, a gente escuta várias histórias de mulheres que deram certo. Comecei a reparar que todas aquelas mulheres que estavam ali, bem-sucedidas, por muito tempo tiveram que lidar com as coisas que deram errado. Isso me inspirou, sabe? Ver que as pessoas que conseguiram fazer algo, que são bem-sucedidas, todas tiveram uma história toda torta, vamos dizer assim, até chegar ao topo. Foi quando entendi que se tudo estava errado então iria dar certo! Foi quando eu tive certeza de que estava no caminho certo!

O que a Escola Brilhante me trouxe foi um norte, mostrou a direção a seguir, trouxe amizades, me conectou com outras pessoas que são empreendedoras, me trouxe histórias inspiradoras e me fez querer estudar mais. Foi meu contato com o mundo do empreendedorismo. E uma das maiores lições que aprendi foi que, para empreender, você deve valorizar a sua própria história.

Todo mundo tem uma trajetória linda para contar, não precisa deixar isso de lado para empreender. Ao contrário, tem que colocar essa história no projeto, mostrar de onde vem a sua paixão e sua conexão com o que você faz, assim que se começa um negócio. Então, o que “A Hora de Brilhar” fez foi me orientar a usar o que eu sei da maneira certa.

Particularmente, eu acho que as mulheres que querem empreender tem que estar em contato com outras mulheres que pensam da mesma forma. Eu recomendo buscar iniciativas como a Escola Brilhante, mas entender que é um passo, que vai abrir a porta. O restante depende de saber aproveitar as dicas de livros e os depoimentos para ampliar o entendimento das coisas. Saber que vai sair do mundo em que está agora para entrar definitivamente para o mundo do empreendedorismo de fato. Empreender é fazer parte de um time e isso requer muito trabalho.”

  • Essa matéria foi útil?
  • 7 0
Assine nossa Newsletter
Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter
Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receerá de nós.

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.