Estratégia do oceano azul

Oceano azul é um mercado novo, que a concorrência ainda não descobriu. Um bom exemplo dessa estratégia foi dado pela Apple quando lançou o iTunes e o iPod, alcançando o mercado dos fãs de música numa época em que a concorrência ainda não explorava esse “filão”. Outro exemplo foi dado pelas Casas Bahia, empresa pioneira em vender para consumidores de baixa renda quando ninguém pensava nisso. É o oposto do oceano vermelho, aquele cheio de tubarões se matando pela pouca comida disponível. O oceano vermelho é perigoso, mas conhecê-lo é essencial para criar uma estratégia do oceano azul.

Como usar o termo estratégia de oceano azul:

Exemplo 1
“Quando aconteceu o boom no mercado imobiliário, todo mundo resolveu virar corretor. Agora que as vendas caíram, virou um mar cheio de tubarões e sem peixes para os tubarões comerem. Os tubarões se agridem e o mar fica vermelho de sangue. Pode dar mais trabalho encontrar o oceano azul, mas vale mais a pena.”

Exemplo 2
“O Airbnb fez uso da estratégia do oceano azul: ele foi o primeiro site a oferecer hospedagem na casa das pessoas e a virar um forte concorrente aos tradicionais hotéis. O custo é baixo, pois eles não possuem nenhum imóvel e tem apenas de administrar a plataforma.”

Assine nossa Newsletter

Deixe seu e-mail abaixo e fique por dentro de todas as novidades do Meu Negócio Brilhante assinando nossa newsletter

Ao enviar o seus dados, você concorda em receber e-mail de "Meu Negócio Brilhante". Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento clicando no link 'Cancelar inscrição' nos e-mails que receberá de nós.